Artigos e Reflexões
 
12 de Outubro: Dia de Nossa Senhora Aparecida
alt

É muito comovente celebrarmos essa data tão querida para o povo Brasileiro. Quantos milhares de Brasileiros que foram agraciados por bênçãos – curas, libertações, milagres – todos vindo da intercessão desta nossa preciosa MÃE.

Verdadeiramente Maria é a medianeira de todas as graças. Ela não é o fruto de nossa Salvação, mas é a árvore que O produziu. Não é ela a nossa Salvadora, mas é salvadora de todos os homens quando disse: “Eis aqui a Serva do Senhor, faça-se em mim segundo a Tua Palavra”. Assim Maria ocupa o topo da raça humana. O protótipo perfeito. A plenitude da Criação do Pai. Nada Deus criou mais perfeito que Maria. Olhar para Maria é ver a perfeição da raça humana e sua representante. Por isso que nas Bodas de Caná ela vai dizer: “Eles não tem mais vinho”. Com isso, ela clama a Deus que realize nossa salvação. Assim como Eva, a primeira mulher, leva, ao homem, a semente do pecado. Maria, nas Bodas, leva a raça humana ao homem verdadeiro, para que realize um vinho novo – a alegria da salvação.

Leia mais...
 
Solenidade da Assunção de Nossa Senhora – Reflexão Dominical.

altQuem é Maria? Que Mulher é essa que Deus criou de forma tão espetacular para que Ele pudesse enviar o Salvador? Certamente que tudo que aprendermos sobre Maria ainda é pouco em relação aquilo que ele é. Muitos falam tantas coisas sobre esta grande Mulher, uns depreciando, outros indiferentes, outros, porém com muita propriedade. Mas, com toda certeza, Ela ultrapassa todo conhecimento humano. Mas realmente, nossa Igreja, lhe dá todo mérito e A exalta, com toda reverência, a santidade que Ela mereceu de Deus para exercer sua missão.

Maria é o Ícone perfeito da natureza humana, é o protótipo perfeito da pessoa humana, aquela que podemos olhar e ver o que deveríamos ser se não fossemos contaminado pelo pecado. Ela é a representante da Raça Humana a única perfeição de nossa raça que pode clamar a Deus –“Eles não têm mais vinho” (Jo 2,3) – Vinho do Amor, da Salvação, da Graça. Ela é a única que clama com propriedade as graças que precisamos, pois é a única “Cheia de Graça”.

Leia mais...
 
Do tratado sobre as Virgens
alt

Do Tratado sobre as Virgens, de Santo Ambrósio, bispo

(Lib. 1, cap. 2.5.7-9:PL 16, [edit. 1845], 189-191)  (Séc.IV)

 

Ainda não preparada para o sofrimento e já madura para a vitória!

Celebramos o natalício de uma virgem: imitemos sua integridade; é o natalício de uma mártir: ofereçamos sacrifícios. É o aniversário de Santa Inês. Conta-se que sofreu o martírio com a idade de doze anos. Quanto mais detestável foi a crueldade que não poupou sequer tão tenra idade, tanto maior é a força da fé que até naquela idade encontrou testemunho.

Leia mais...
 
A pérola de valor incomparável

alt

A pérola de valor incomparável

 

Há muitos anos, um americano chamado David Morse, vivia e trabalhava na Índia, onde fez grandes amizades, sobretudo com Rambhau, um mergulhador que retirava pérolas no mar.

Muitas foram às vezes em que Morse passou o final do dia na casinha de Rambhau, lendo a Bíblia para ele e explicando-lhe a essência das palavras de Jesus: o amor de Deus e a salvação.

Leia mais...
 
A águia e a galinha

alt

A Águia e a Galinha

Uma metáfora da condição humana

 

Era uma vez um camponês que foi a floresta vizinha apanhar um pássaro para mantê-lo em sua casa. Conseguiu pegar um filhote de águia. Coloco-o no galinheiro junto com as galinhas. Comia milho e ração própria para galinhas. Embora a águia fosse o rei/rainha de todos os pássaros. Depois de cinco anos, este homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista. Enquanto passeavam pelo jardim, disse o naturalista:

Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 1 de 19