carregando...
Reflexões da Liturgia Dominical
 
Reflexões da Liturgia Dominical
Reflexão 3º Domingo do Tempo Comum Ano B - 2015
alt

A ordem de Jesus é muito clara - “Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no Evangelho!”. Primeiramente o Reino de Deus está próximo, mas que Reino é este? Em outra tradução irá dizer-nos que o Reino de Deus está no meio de nós. Jesus é o Reino de Deus, é d’Ele que temos que fazer parte como membros de seu corpo e está próximo por que o Senhor veio e realizou sua obra de salvação na qual Ele é o Caminho, verdade e vida. Para isso somos convidados a nos converter-nos, isto quer dizer que não basta saber que Ele é o Senhor, mas que devemos mudar nosso jeito de ser e nos colocarmos em um processo de mudança que irá durar toda a nossa vida, oxalá em nossa morte estejamos prontos para entrar definitivamente neste Reino Eterno. Não podemos esquecer que somos pecadores e concupiscentes e que na mesma hora que estamos orando, participando da missa, dos sacramentos estamos cometendo pecados e negando toda a nossa fé. Quantas vezes cometemos pecados que ficamos abismados com nossa baixeza e perplexo com nossa volúpia, muitas vezes surpreendemos a nós mesmos. Assim não podemos confiar em nós, temos que colocar nossa confiança no Senhor e esperar somente d’Ele a força para superarmos nossas próprias fraquezas.

Leia mais...
 
Reflexão 2º Domingo do Tempo Comum Ano B - 2015
alt

Esta é nossa primeira reflexão deste ano, peçamos a Deus a graça de sermos mais santos neste ano e termos atitudes de novas criaturas, muitas vezes fazemos muitos projetos para cada novo ano e muitas vezes esquecemo-nos de colocar em nossas metas o caminho de santidade de encontro com o Senhor de forma mais clara e objetiva. Vemos Samuel ainda criança não sabendo distinguir a voz de Deus e confundindo com se fosse à voz do Profeta. Mas nós sabemos ouvir e distinguir a voz de Deus? Quantas vozes existem dentro de nós que gritam diariamente e que na maioria das vezes mais nos confunde? Isso quando damos tempo para ouvir essas vozes, por que na maioria das vezes agimos como “carneiros levados ao matadouro”, simplesmente seguimos aquilo que nos convém a buscamos mais os prazeres que a felicidade, isso os que sabem distinguir prazer de felicidade, pois os que não sabem simplesmente vão adentrando dentro de um túnel sem fim...

Leia mais...
 
Reflexão do 4º Domingo do Avento - Ano B - 2014
alt

Estamos nos aproximando do mistério do Natal, momento onde celebramos o nascimento de Jesus, o Verbo que se fez carne para viver em nosso meio e nos ensinar as “coisas do Alto”, a este Jesus que nos redimiu do pecado e nos deu a vida eterna, queremos exaltar, glorificar nesta noite de Glória e manifestar nossa alegria por termos sido engrandecido com a presença de Deus em nosso meio como um de nós.

Mas todo o processo de Salvação começou muitos séculos antes com a vocação de Abraão onde Deus promete que ele seria pai de um povo numeroso. E como o tempo ia passando Deus renovava sua promessa e dava aos profetas mais pistas daquilo que Ele iria realizar no meio de seu povo. Depois de Abraão, Deus continuou fazendo alianças com seu povo, mas somente com Moisés Deus fez novas revelações, mas as coisas não pararam por ai. 

Leia mais...
 
Reflexão do 3º Domingo do Avento - Ano B - 2014
alt

Estamos no Advento e neste final de semana se abre uma janela neste tempo litúrgico, onde a espera se faz presente, para colocar a “Alegria”, por isso que é chamado de “Gaudete”, isto mesmo, este final de semana nós queremos, com toda a Igreja, celebrar a LUZ, como nos diz João “o Batista”: “Eu vim para dar testemunho da Luz”. Neste período em que celebramos a espera do Senhor que vem e veio no Natal, mas que esperamos o Senhor que vem para colocar um fim na iniquidade sobre a terra (Universo) e queremos dizer que tudo isso é a alegria da Luz que brilha e transforma a todos aqueles que se abrem ao seu chamado.

Sabemos que João era primo de Jesus, que seus pais eram de idade avançada e que certamente João ficou, logo cedo, órfão de seus pais, mas existia em João, desde o encontro de Maria com Isabel, um chamado de Deus e com isso tinha uma missão, esta missão foi despertada em um período que ele passou com os Essênios que tinham uma espécie de mosteiro próximo ao Mar Morto. Neste período João descobriu sua vocação nos estudos das Sagradas Escrituras e nas tradições de seu povo. E segundo a tradição Jesus também esteve com os Essênios, mas não sabemos por quanto tempo.

Leia mais...
 
Reflexão do 2º Domingo do Avento - Ano B - 2014

alt

NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA

Estamos celebrando o Advento na espera do Senhor que vem no Natal para viver e nos ensinar as coisas do alto, nos redimir dos pecados e nos dar a salvação eterna (todo ato de Cristo é eterno então podemos celebrar a todo o momento os mistérios de Jesus), mas também celebramos e proclamamos a volta do Senhor por isso que a Igreja proclama constantemente MARANA THA (Vem Senhor), e o próprio Jesus nos ensinou na oração do Pai Nosso a clamar a sua volta – “Venha a nós o vosso Reino” – Assim vemos em toda a Sagrada Escritura o clamor de um Novo Reino, Reino que já se manifestou, mas não plenamente. Por isso que o Livro de Isaias nos fala da manifestação do Messias e do que irá preceder a sua chegada e que será um momento de perdão de Deus onde tudo será como no princípio,“eis à sua frente à vitória. Como um pastor, ele apascenta o rebanho...”.

Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 1 de 36