carregando...
Reflexões da Liturgia Dominical
 
Reflexões da Liturgia Dominical
Reflexão do 3º Domingo do Avento - Ano B - 2014
alt

Estamos no Advento e neste final de semana se abre uma janela neste tempo litúrgico, onde a espera se faz presente, para colocar a “Alegria”, por isso que é chamado de “Gaudete”, isto mesmo, este final de semana nós queremos, com toda a Igreja, celebrar a LUZ, como nos diz João “o Batista”: “Eu vim para dar testemunho da Luz”. Neste período em que celebramos a espera do Senhor que vem e veio no Natal, mas que esperamos o Senhor que vem para colocar um fim na iniquidade sobre a terra (Universo) e queremos dizer que tudo isso é a alegria da Luz que brilha e transforma a todos aqueles que se abrem ao seu chamado.

Sabemos que João era primo de Jesus, que seus pais eram de idade avançada e que certamente João ficou, logo cedo, órfão de seus pais, mas existia em João, desde o encontro de Maria com Isabel, um chamado de Deus e com isso tinha uma missão, esta missão foi despertada em um período que ele passou com os Essênios que tinham uma espécie de mosteiro próximo ao Mar Morto. Neste período João descobriu sua vocação nos estudos das Sagradas Escrituras e nas tradições de seu povo. E segundo a tradição Jesus também esteve com os Essênios, mas não sabemos por quanto tempo.

Leia mais...
 
Reflexão do 2º Domingo do Avento - Ano B - 2014

alt

NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA

Estamos celebrando o Advento na espera do Senhor que vem no Natal para viver e nos ensinar as coisas do alto, nos redimir dos pecados e nos dar a salvação eterna (todo ato de Cristo é eterno então podemos celebrar a todo o momento os mistérios de Jesus), mas também celebramos e proclamamos a volta do Senhor por isso que a Igreja proclama constantemente MARANA THA (Vem Senhor), e o próprio Jesus nos ensinou na oração do Pai Nosso a clamar a sua volta – “Venha a nós o vosso Reino” – Assim vemos em toda a Sagrada Escritura o clamor de um Novo Reino, Reino que já se manifestou, mas não plenamente. Por isso que o Livro de Isaias nos fala da manifestação do Messias e do que irá preceder a sua chegada e que será um momento de perdão de Deus onde tudo será como no princípio,“eis à sua frente à vitória. Como um pastor, ele apascenta o rebanho...”.

Leia mais...
 
1º Domingo do Advento 2014 - ANO B

Estamos iniciando o Ano Novo Litúrgico em nossa Igreja. Durante todo o ano celebramos os mistérios de Cristo e assim iniciamos pelo advento, neste tempo celebramos o mistério da vinda do Verbo Eterno que se rebaixou assumiu nossa humanidade para a nossa salvação (Fl2, 6-7), neste sentido nos preparamos para celebrar o Natal de Jesus, seu nascimento, sua presença entre nós como um de nós em tudo exceto no pecado. Como todos os atos de Jesus é de valor eterno não celebramos olhando o passado, mas celebramos Jesus que nasce no hoje de nossa história assim não celebramos o aniversário de Jesus, mas seu nascimento. Outro aspecto muito importante neste tempo do advento é a expectativa do Senhor que vem. Esperamos ansiosos a volta do Filho de Deus, que virá, não como um pobre, nas terras da Palestina, mas como Senhor e Rei onde terminará sua missão restaurando todo o universo na originalidade da Criação do Pai. Este será o grande dia, o dia mais esperado desde o pecado de nossos primeiros pais, por isso que sempre estaremos clamando MARANA THA, como em Apocalipse: “O Espírito e a Esposa dizem: Vem! Possa aquele que ouve dizer também: Vem! Aquele que tem sede venha! E que o homem de boa vontade receba, gratuitamente, da água da vida!” (Ap 22, 17).

Leia mais...
 
Reflexão 34º Domingo Tempo Comum - Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo
alt

Celebramos, no final do Ano Litúrgico, Cristo o REI DO UNIVERSO, durante o ano litúrgico nossa Igreja busca contemplar todos os mistérios da vida de Jesus e ao chagar ao final de nosso Ano Litúrgico proclamamos Jesus como o Rei do Universo, pois: “Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor”. (Fl2, 9-11). Ele é o Nosso Rei, Senhor e Salvador e terminamos o ano nesta grande proclamação e entramos no ano novo na espera do Senhor que vem – celebramos o Advento – e tudo se inicia, e ano-a-ano nós vamos vivendo a cada momento os mistérios de Cristo. Nestes Mistérios vivemos o Kayrós, isto é, o tempo da graça e não o “cromos” – o tempo do cronômetro. Pois todas as ações de Cristo tem um valor eterno, assim não celebramos olhando para o passado, mas atualizando em nosso tempo todos os atos de Jesus. Por isso que todos os anos celebramos estes mistérios no hoje de nossa história. Então vamos terminar este ano com muita alegria esperando o Rei do Universo que virá resgatar tudo o que foi conquistado na Cruz e Ressurreição.

Leia mais...
 
Reflexão 33º Domingo Tempo Comum - 2014

alt

O Nosso Sistema se chama Evangelho

Paulo nos fala: “Quando as pessoas disserem: 'Paz e segurança!'”. Ai sobrevirá à desgraça, mas como se está em “paz e segurança”? Temos muito que entender estas profecias de Paulo que irá nos sobrevir nos fins dos tempos. Como é nossa realidade hoje em nossa história? Temos uma insegurança em nossa sociedade que lutamos constantemente para ter um trabalho estável que nos dê segurança para cuidarmos de nossa família. Temos uma insegurança diante de tanta violência ao ponto de não estarmos seguro em nenhum lugar. Temos medo de andar à noite, temos medo de chegar à noite em casa, temos medo no ônibus, na fila do banco, nas praças e qualquer pessoa que chega próximo de nós desconfiamos. 

Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 1 de 36