Reflexões da Liturgia Dominical
 
Reflexões da Liturgia Dominical
Reflexão 34º Domingo - Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo - Ano C - 2016
alt

Estamos no final de nosso Ano Litúrgico. É o fim de ano católico ou de nossa liturgia e na próxima semana se inicia nosso ano novo, com o período do advento. Neste final de ano nossa liturgia nos leva a refletir sobre a pessoa de Jesus como o rei do universo. Jesus resgatou o mundo decaído pelo pecado, pecado este cometido pelos primeiros pais e que nos afastaram definitivamente de Deus e trouxeram a ruina para todo ser humano e para todo o universo material. O Verbo de Deus, o filho único de Deus, aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens”. (Fl 2,7), tomou nossa condição humana para que, a partir de nós, ele pudesse nos libertar da morte eterna.

Hoje estamos na espera do Senhor, que virá para colocar um fim em toda a iniquidade, todo o pecado, e restaurar o mundo decaído, por isso que, ao final de nosso tempo litúrgico, celebramos o Cristo Rei do Universo, pois tudo pertence a Ele! Com sua vitória sobre o mal se tornou dono de tudo e estamos aguardando sua volta para retirar definitivamente o Mal de todo universo. Neste sentido, entra a percepção de um dos condenados que foi crucificado junto com Jesus – Dimas – este percebeu quem era Jesus e o proclamou Rei – “Jesus, lembra-te de mim, quando entrares no teu reinado”.

Leia mais...
 
Reflexão 33º Domingo do Tempo Comum - Ano C - 2016
alt

Estamos nos aproximando do final do tempo litúrgico, e neste período as leituras nos levam a refletir sobre o fim dos tempos. Muitas vezes queremos ignorar, ou, pelo menos, nos disfarçar em relação a este futuro acontecimento como se fosse uma utopia ou algo tão distante que não nos afeta em nosso tempo. Mas, na verdade, a história da humanidade se desenrola como que dentro de um funil, a cada dia que passa nós estamos mais perto do fim e a cada dia, os acontecimento finais, proclamados pela Palavra de Deus, se tornam presentes – Estamos nos últimos dias – Sim estamos nos últimos dias, desde a subida de Jesus aos Céus, em sua Ascenção, até o dia que Ele virá definitivamente. Por que nos últimos dias? Este tempo é o tempo da Igreja e tudo o que Deus tinha que fazer já foi feito. Agora é tempo de espera e já é o tempo final. Malaquias nos fala: virá o dia, abrasador como fornalha, em que todos os soberbos e ímpios serão como palha; e esse dia vindouro haverá de queimá-los”.

Leia mais...
 
Dia de Todos os Santos - Solenidade - Ano C - 2016
alt

Celebramos a Festa de Todos os Santos. Muitas vezes, ao pensar em “todos os santos”, pensamos naqueles que heroicamente venceram os intemperes da vida e chegaram à santidade e hoje se encontram no Céu. Mas na verdade a festa não é só pra estes e sim para “todos” os que estão em Cristo. Neste sentido temos que refletir sobre a “Comunhão dos Santos”. Afinal, quem faz parte desta comunhão? A Igreja nos orienta que existe “três estados da igreja” – A Igreja Militante, nós que estamos neste mundo; A Igreja Padecente, aqueles que estão em processo de purificação no purgatório; e a Igreja Triunfante, aqueles que já alcançaram a glória em Deus. Todos estes três estados formam o Corpo de Cristo e estão em comunhão, portanto são santos. A santidade não é uma propriedade em que se adquire como a compra de um bem (casa, carro, fazenda...), mas é participação naquele que é santo. “O termo ‘comunhão dos santos’ tem, pois, dois significados intimamente interligados: ‘comunhão nas coisas santas (sancta)’ e ‘comunhão entre as pessoas santas (sancti)’". (CIgC 948). 

Leia mais...
 
Reflexão 31º Domingo do Tempo Comum - Ano C - 2016
alt

Os livros sapienciais, do Antigo testamento, geralmente são dirigidos ao Pai. Muitas vezes, em nossas orações pessoais, esquecemo-nos de conversar com o Pai e nos dirigimos mais a Jesus. Mas veja bem o louvor que o livro da Sabedoria nos propõe: É um hino ao Pai criador de todas as coisas, que criou tudo do nada, sem matéria existente para iniciar sua obra e sustenta toda a criação, pois dá ao ser sua existência, caso contrário o ser se aniquilaria e participaria de todo ser criado. Ele está no governo do mundo e nada escapa de suas mãos. Muitas pessoas entendem o mundo como uma criação de Deus, que depois de ter criado, deixou o mundo por conta das leis naturais e da ação dos homens – a isso se chama Deísmo – Mas não! Nada escapa das mãos de Deus. Aí você pode se perguntar: Se Ele está no controle de tudo, por que permite tanto mal no mundo? 

Leia mais...
 
Reflexão 30º Domingo do Tempo Comum - Ano C - 2016
alt

Temos um bom propósito para reflexão sobre a oração da fé. É o que a liturgia nos apresenta nestas leituras. A oração da fé é realizada pelas pessoas humildes. Somente o humilde reza! O orgulhoso basta a si mesmo e não sente necessidade de Deus. Santo Agostinho nos fala: “O homem é um mendigo de Deus” (Serm. 56,6,9). São João Damasceno nos escreve: “A oração é a elevação da alma a Deus”, e Santa Tereza do Menino Jesus: “Para mim, a oração é um impulso do coração, é um simples olhar lançado ao Céu, um grito de reconhecimento e amor no meio da provação ou no meio da alegria”.

O Livro do Eclesiástico nos fala: “A prece do humilde atravessa as nuvens”. Sabemos também que oração é um diálogo com Deus, é a forma que temos para nos relacionarmos com Ele para proporcionar uma amizade, uma intimidade, para melhor conhecê-lo e para se dar a conhecer. Isso mesmo, se dar a conhecer! Você pode dizer: “Mas Deus me conhece todo inteiro”. Sim, mas Ele quer te conhecer á partir de você e não d’Ele. Por isso que na oração apresentamos as áreas mais profundas de nosso coração e criamos intimidade ao falar de nossas dores, alegrias, vontades, ideais, projetos, enfim tudo o que se passa em nossa vida. Por isso que temos que estar em oração todos os dias, para estarmos sempre atualizados em nosso diálogo de amor e certamente para ouvi-lo, no mais intimo de nosso coração, e assim sermos instruídos para que nossos passos sejam o mais perfeito possível.

Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 1 de 52