carregando...
Reflexões da Liturgia Dominical
 
Reflexões da Liturgia Dominical
Reflexão 34º Domingo Tempo Comum - Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo
alt

Celebramos, no final do Ano Litúrgico, Cristo o REI DO UNIVERSO, durante o ano litúrgico nossa Igreja busca contemplar todos os mistérios da vida de Jesus e ao chagar ao final de nosso Ano Litúrgico proclamamos Jesus como o Rei do Universo, pois: “Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor”. (Fl2, 9-11). Ele é o Nosso Rei, Senhor e Salvador e terminamos o ano nesta grande proclamação e entramos no ano novo na espera do Senhor que vem – celebramos o Advento – e tudo se inicia, e ano-a-ano nós vamos vivendo a cada momento os mistérios de Cristo. Nestes Mistérios vivemos o Kayrós, isto é, o tempo da graça e não o “cromos” – o tempo do cronômetro. Pois todas as ações de Cristo tem um valor eterno, assim não celebramos olhando para o passado, mas atualizando em nosso tempo todos os atos de Jesus. Por isso que todos os anos celebramos estes mistérios no hoje de nossa história. Então vamos terminar este ano com muita alegria esperando o Rei do Universo que virá resgatar tudo o que foi conquistado na Cruz e Ressurreição.

Leia mais...
 
Reflexão 33º Domingo Tempo Comum - 2014

alt

O Nosso Sistema se chama Evangelho

Paulo nos fala: “Quando as pessoas disserem: 'Paz e segurança!'”. Ai sobrevirá à desgraça, mas como se está em “paz e segurança”? Temos muito que entender estas profecias de Paulo que irá nos sobrevir nos fins dos tempos. Como é nossa realidade hoje em nossa história? Temos uma insegurança em nossa sociedade que lutamos constantemente para ter um trabalho estável que nos dê segurança para cuidarmos de nossa família. Temos uma insegurança diante de tanta violência ao ponto de não estarmos seguro em nenhum lugar. Temos medo de andar à noite, temos medo de chegar à noite em casa, temos medo no ônibus, na fila do banco, nas praças e qualquer pessoa que chega próximo de nós desconfiamos. 

Leia mais...
 
Festa Dedicação da Basílica do Latrão.
alt

Irmãos, nesta liturgia, temos muitas referências de meditação vamos iniciar pelo Templo de Deus. No Passado Deus pediu para que lhe fosse construído um templo, um lugar de encontro onde Ele poderia acolher seu povo e ter uma proximidade de amor e carinho, onde seu povo pudesse lhe oferecer culto e adoração. Culto e Adoração que Ele próprio ensinou de como deveria adorá-lo, assim também Jesus, na última Ceia ensinou os Apóstolos de como deveriam fazer para estar em comunhão com o Mestre e como deveriam fazer para Adorá-lo. Bem, isto é importante, pois se inventássemos um jeito de adorar a Deus seria idolatria, por isso que Deus toma a iniciativa. Mas o Templo sempre foi o lugar estabelecido por Deus para o encontro d’Ele com seu povo. 

Leia mais...
 
Solenidade de Todos os Santos

altA salvação está batendo em nossa porta.

Iniciamos o mês de Novembro com duas grandes festa a de todos os santos e neste sentido inclui todos os batizados e de todos os estados as Igreja – Triunfante Padecente e Militante – são todos aqueles que pertencem a Cristo e formam o Seu Corpo Místico. E também celebramos os fiéis que já se encontram na glória quer estejam em estado de purificação ou já se ingressaram definitivamente na Glória de Deus e contemplam sua face em uma felicidade eterna. Este numeroso povo que foi resgatado pelo sangue do cordeiro já experimentam o Amor infinito na Bem Aventurança Celeste, são nossos parentes, amigos, pais, mães e tantos que nem imaginamos o número dos que Deus resgatou pelo sangue de seu Filho.  Mas como nos mostra a leitura de Apocalipse –“vi uma multidão imensa de gente de todas as nações, tribos, povos e línguas, e que ninguém podia contar”. Certamente que esta visão nos reporta a meditar sobre o fim dos tempos. Que alegria para todos os que se encontrarem no meio deste grande povo. Veja bem. 

Leia mais...
 
Reflexão 29º Domingo Tempo Comum - 2014

alt"Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus"

Deus escolheu um povo, chamou Abraão e com ele sua descendência e prometeu abençoar todas as nações da terra. Esta promessa Deus levou a sério, afinal tudo o que Deus fala Ele cumpre. “Deus cumpre o que promete”. Quando vemos os acontecimentos que decorrem da primeira leitura ficamos pasmos diante da ação de Deus em favor deste povo. Esta leitura está no contexto do período que o povo de Israel estava no Exílio da Babilônia, longe de sua terra, somente lamentando seus pecados e a distância de Deus e do Templo de Jerusalém, neste exílio ficaram pelo menos quarenta anos. Mas chegou o tempo em que o Império Persa cresceu e dominou a Babilônia e o mais incrível aconteceu. Ciro, imperador da Pérsia, mandou o povo de volta a sua terra, fez um Edito com os dizeres proclamando a libertação deste povo e ainda deu toda condição financeira e apoio logístico para que reconstruísse sua cidade, o Templo e ainda enviou governador, escribas para que tudo fosse colocado em seu lugar. Ciro, que não era Judeu, foi tão bom e temente ao Deus de Israel que o povo queria aclamá-lo como o Salvador esperado. Não existe nenhuma lógica humana nas ações de Ciro e depois dele ficou Dário que continuou esta mesma linha de trabalho. Realmente “Deus é fiel, Ele cumpre o que promete”. Por que então hesitamos em nossos problemas como se Deus estivesse ignorando nossas dores? Aquele povo era de cabeça dura, em tudo o que Deus fazia não era suficiente, sempre se voltavam contra Deus e o negava de forma muito absurda. Mas e conosco? Será que não fazemos o mesmo em nossos atos? Quantas vezes ficamos correndo atrás de Deus para resolver nossos problemas e muitas vezes problemas que nós mesmos causamos com nossos atos mesquinhos? E quando as coisas não acontecem do jeito que queremos nos revoltamos e até muitas vezes damos as costas a Deus ou se recebemos o que queríamos logo nos esquecemos d’Ele e voltamos a nossa vidinha no mundo buscando seus prazeres.

Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 1 de 35